Nextcloud – OwnCube

Não é a primeira vez que dedico alguma atenção às chamadas “clouds”, em especial, às privadas.

Hoje, vivemos num mundo onde os nossos dados, os nossos documentos, as nossas fotos, etc., estão espalhados por um sem-número de serviços. E a maioria destes serviços “têm a lata” de se apropriar dos direitos sobre eles, a partir do momento que os carregamos para a “nuvem”.

Para evitar isso, nos últimos anos, surgiram vários projectos Open Source, que devolvem o poder sobre os seus documentos ao seu verdadeiro dono: Tonido, OwnCloud, Nextcloud, etc., alternativas Open Source a serviços de armazenamento e partilha de ficheiros como o Dropbox, o Google Drive, o pCloud, o OneDrive, etc.

Depois de alguns anos de utilização do Tonido, até que ele deixou de ser compatível com as minhas necessidades, utilizei brevemente a ownCloud e, contrariado, acabei por voltar aos serviços tradicionais.

Esta semana resolvi fazer uma nova investigação e acabei por apostar num “fork” desenvolvido pelo criador da ownCloud (lançada em 2010), que, entretanto, deixou o projecto inicial para se dedicar a este, a Nextcloud, lançada em 2016.

Conjuguei a Nextcloud com o alojamento alugado na Alemanha, numa empresa chamada OwnCube.

O serviço é impecável, tal como a configuração do mesmo, tudo a preços muito competitivos.

Altamente recomendável para todos os que estão fartos daquelas letrinhas nos contratos que dizem que o nosso trabalho, afinal, não é nosso!

E, em relação ao funcionamento? Espectacular!

Aplicações seguras e que respeitam a minha (e a sua) privacidade

Sempre me ensinaram que “não se escuta atrás das portas”, porque “isso é feio”, é “falta de educação”! E eu concordo!

Ora, se “isso é feio”, revela “falta de educação” e “não se faz”, porque será que aceitamos que tantas empresas o façam nos nossos dias?

É por estas e por outras que, a partir do fim de Janeiro, vou deixar de usar determinadas aplicações que até pelo meio da minha lista de contactos metem publicidade! Não há paciência! Se eu quiser ver publicidade vou ver televisão!

Aproveitem para dar uma olhadela neste site interessante.

Assim, começando em Fevereiro, quem me quiser encontrar deverá usar o e-mail ou uma das aplicações que sugiro abaixo. Todas elas são seguras e respeitam a nossa privacidade.

ProtonMail
surespot
Signal
Wire

Fiquem bem!

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑