Nextcloud – OwnCube

Não é a primeira vez que dedico alguma atenção às chamadas “clouds”, em especial, às privadas.

Hoje, vivemos num mundo onde os nossos dados, os nossos documentos, as nossas fotos, etc., estão espalhados por um sem-número de serviços. E a maioria destes serviços “têm a lata” de se apropriar dos direitos sobre eles, a partir do momento que os carregamos para a “nuvem”.

Para evitar isso, nos últimos anos, surgiram vários projectos Open Source, que devolvem o poder sobre os seus documentos ao seu verdadeiro dono: Tonido, OwnCloud, Nextcloud, etc., alternativas Open Source a serviços de armazenamento e partilha de ficheiros como o Dropbox, o Google Drive, o pCloud, o OneDrive, etc.

Depois de alguns anos de utilização do Tonido, até que ele deixou de ser compatível com as minhas necessidades, utilizei brevemente a ownCloud e, contrariado, acabei por voltar aos serviços tradicionais.

Esta semana resolvi fazer uma nova investigação e acabei por apostar num “fork” desenvolvido pelo criador da ownCloud (lançada em 2010), que, entretanto, deixou o projecto inicial para se dedicar a este, a Nextcloud, lançada em 2016.

Conjuguei a Nextcloud com o alojamento alugado na Alemanha, numa empresa chamada OwnCube.

O serviço é impecável, tal como a configuração do mesmo, tudo a preços muito competitivos.

Altamente recomendável para todos os que estão fartos daquelas letrinhas nos contratos que dizem que o nosso trabalho, afinal, não é nosso!

E, em relação ao funcionamento? Espectacular!

Migadu – Serviço de email para domínios

Migadu

Para quem não conhece, aqui fica a dica: Migadu é um serviço simples de gestão de emails para domínios que funciona de forma simples e eficiente, respeitando a privacidade dos utilizadores, com um serviço gratuito, como ponto de partida, e com preços muito razoáveis para quem precisa de algo mais.

Como se pode ver pela página do serviço, não há ali “palha” para encher os olhos; só o que faz falta para que o serviço seja realmente eficaz e faça o que é preciso.

Altamente recomendável, tanto para utilizadores individuais, como para empresas que necessitem de centenas de caixas de correio!


Network Heuristics

Hapgood

There’s a story going around right now about a “reporter” who was following people shorting Tesla stock and allegedly approaching them for information. I won’t go into the whole Elon vs. the Short Sellers history, you don’t need it. Let’s just say that posing as a reporter can be used for ill in a variety of ways and maybe this was a case of that.

Snapshot of Maisy Kinsley’s profile

The way a lot of people judge reputation is signals, the information a person chooses to project about themselves. Signals can be honest or dishonest, but if a person is new to you you may not be able to assess the honesty of the signal. What you can do, however, is assess the costliness of the signal. In the case of a faker, certain things take relatively little time and effort, but others take quite a lot.

Let’s list…

View original post mais 2.076 palavras

Write.as

Precisa de uma plataforma, acessível em todo o lado, simples e que lhe permita escrever sem qualquer complicação, de forma anónima e privada ou pretende criar um simples blog? Então write.as pode ser uma opção.

Eu experimentei e fiquei fã! Por vezes, menos é mais!

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑