COMO EU CONCORDO COM ISTO…

EDITORIAL

Maus chefes provocam ataques de coração

26 | 11 | 2008 08.07H

Faz muito bem em ir ao ginásio, seguir uma dieta regrada, em evitar
tabaco, álcool e por aí adiante. O seu coração agradece. Mas se quer
mesmo garantir a sua sobrevivência, e apesar da dificuldade em
encontrar novos empregos, fuja a sete pés dos chefes incompetentes e
injustos, porque o efeito desta gente sobre a sua saúde pode
revelar-se mortal. Pelo menos é o que diz o estudo de uma equipa sueca
que acompanhou mais de 3 mil trabalhadores homens, com idades entre os
18 e os 70 anos.

A primeira tarefa pedida às cobaias foi a de que avaliassem a
competência e o carácter de quem geria o seu trabalho. Depois, durante
uma década, a sua saúde foi sendo avaliada, registando-se neste
período 74 casos de empregados vítimas de problemas cardíacos graves,
nalguns casos até fatais. Do estudo à lupa de todo este trabalho, foi
possível perceber que existe, de facto, uma relação directa entre a
doença e os maus chefes.

Perceberam também que os efeitos secundários dos chefes maus era
independente do tipo de trabalho desempenhado, da classe social a que
pertenciam, das habilitações que possuíam e inclusivamente do dinheiro
que tinham na sua conta bancária.

Descobriram, ainda, que o efeito que um incompetente a mandar provoca
é cumulativo, ou seja, se trabalhar para um idiota aumenta em 25% a
probabilidade de um enfarte, essa probabilidade crescia para 64% se o
trabalhador se mantivesse naquela situação por mais de quatro anos.

A explicação é relativamente simples: quando alguém se sente
desvalorizado, sem apoio, injustiçado e traído, entra em stress agudo
que leva à hipertensão e a outros distúrbios que deterioram a saúde do
trabalhador. Daí a importância do apelo que estes especialistas fazem
de que as estruturas estejam atentas e «abatam» rapidamente os chefes
que não merecem sê-lo.

Isabel Stilwell | editorial

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: