Como é possível?

Como será possível que, em Portugal, se assista à degradação de troços de estradas que se pensa serem romanas? Passam carros, tractores, o que calha, por cima de pedaços de história que nem estão identificados… É o que acontece em Valhascos, Sardoal onde existem cerca de 500 metros, de um antigo entroncamento, que se julga ser romano… Pela localização, para Norte, seguia-se para o Sardoal, para Este, para Castelo Branco e, para Oeste, para Abrantes. Não seria caso de se preservar este documento do nosso passado? Há aqui qualquer coisa que está errada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: