Referendo sobre a despenalização do aborto até às 10 semanas de gravidez


Esta é uma das razões pelas quais votarei Não neste referendo.

4 thoughts on “Referendo sobre a despenalização do aborto até às 10 semanas de gravidez

Add yours

  1. Vais votar Não?
    E vais permitir q morram milhares de pessoas a fazer abortos no vão da escada?
    Achas q alguma mulher faz um aborto de animo leve?
    Tens as mulheres assim em tão boa conta?
    Quem quer fazer um aborto fá-lo-á de qq forma… Com a diferença que quem tem dinheiro vai a Espanha, quem não tem vai a um qualquer “sucateiro” e arrisca-se…

  2. Sim, vou votar Não.
    Voto Não, porque há milhares de mulheres a morrer por causa de serem as vítimas caladas dos abortos legais e ilegais, sem alguma vez se poderem pronunciar sobre o assunto;
    Voto Não, porque há milhares de homens a morrer sem nunca serem ouvidos sobre este tema;
    Voto Não, porque não aceito que quaisquer mulheres/homens possam “brincar” e, depois, não queiram assumir as suas responsabilidades;
    Voto Não, porque não aceito que os hospitais que não têm capacidade para dar vazão às necessidades das populações possam passar a estar ocupados a fazerem abortos a pessoas que se deviam ter precavido, evitando essas situações;
    Voto Não, porque há inúmeras soluções para o problema que pode ser um filho (a mais) que não se esperava e ainda não foram esgotadas;
    Voto Não, porque parece que com isso ninguém se preocupa;
    Voto Não, porque a Bíblia, que muitos defensores do sim dizem seguir, afirma, em Deuteronómio 5:17, “Não deves assassinar”, sendo este mandamento repetido várias vezes ao longo da Sagrada Escritura;
    Voto Não, porque o aborto é uma forma de assassinato;
    Voto Não, porque sou contra a pena de morte e contra a guerra;
    Voto Não, porque sou Objector de Consciência;
    Voto Não, porque não estamos a falar de galinhas, nem de ovos e a vida humana é um bem que ninguém tem o direito de retirar a outrem;
    Voto Não, porque desde o primeiro dia que existe vida em desenvolvimento dentro da mulher. Ainda tem de aparecer o primeiro cientista que me prove que o contrário é a verdade… Ou será que o embrião se forma a partir de matéria morta?!;
    Voto Não, porque a lei que existe já prevê possibilidades de o aborto se realizar em condições que salvaguardam os casos extremos;
    Voto Não, porque não preciso de lei nenhuma que meça a vida em semanas ou dias ou horas para afirmar que ela não existe, justificando o que, para mim, não tem justificação possível;
    Voto Não, porque não quero uma lei que legalize o ilegal;
    VOTO NÃO, PORQUE SIM!!!

  3. Toda a razão em votares não, uma vez q a liberdade de escolha ainda é um direito que nos assiste…
    Só quero contrapor um ponto dos focados: O da ocupação dos hospitais…
    Será que as mazelas que advem de um aborto clandestino não são tratadas nos hospitais?
    Sobre a Biblia, livro q nunca li, não me pronuncio…
    Sobre a igreja, apenas gostava de saber quantos abortos já pagou… Clandestinos e não só…
    Será q essa clandestinidade não lhes dará jeito?
    Será que os “padrecos” não veem na despenalização o “descobrir da careca” e o revelar da paternidade?
    E aqui encerro o assunto do sim e do não!

  4. Permita-me que, na sequência dos seus comentários, lhe agradeça o facto de ter dedicado um pouco do seu tempo a ver o meu blog e a partilhar as suas ideias (ainda que contrárias à minha posição) neste espaço. Os meus cumprimentos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: